Perfeição

Quando Renato Russo escreveu a letra da música Perfeição, deixou de lado a hipocrisia e cantou, sem papas na língua, todos os problemas que ele estava enxergando a sua volta (problemas estes que, infelizmente, mais de quinze anos depois, ainda parecem ser bem atuais).

A ironia do título da música é uma certa forma de criticar a nós mesmos por estarmos cientes de todas aquelas coisas que estavam acontecendo e, ainda assim, não tomarmos uma atitude concreta. Mas nunca é demais lembrar que esta era a opinião própria de Renato Russo.

Na verdade, o perfeccionismo é um conceito singular de cada um de nós. Ou será que todo mundo acha que um dia perfeito na praia tem que ter sol? Que um sono perfeito tem que ser recheado de belos sonhos? Ou ainda, que uma noite perfeita entre um casal precisa ter sexo? Não custa pararmos para pensar sobre qual é a nossa visão com relação a perfeição. E aí que podemos perceber se estamos agindo de maneira displicente ou se estamos se estamos sendo politicamente corretos. Creio que buscar viver uma vida boa e feliz é direito, mas buscar viver uma vida perfeita é capricho.

O próprio Renato Russo se rende no final da letra de Perfeição ao se mostrar de coração aberto e proferir “Venha que o que vem é perfeição…”. Ou seja, diante de todas as mazelas citadas durante a música, a perfeição, para ele, seria a oportunidade de viver um intenso amor. Nada mais simples e realista.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s